Encontros especiais sobre arte sacra com palestras e debates gratuitos, incentivando a articulação entre diferentes instituições e áreas do conhecimento.


Com o intuito de participar da 19ª Semana Nacional de Museus (SNM) e retomar as atividades da Rede de Museus de Arte Sacra, o Museu de Arte Sacra de São Paulo (MAS-SP), instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, promoverá o webinário Museus de Arte Sacra: recuperar e reimaginar nos dias 17 e 18 de maio. O evento será transmitido pelo canal oficial do MAS no YouTube.

Em consonância com o tema “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”, sugerido pelo ICOM para o Dia Internacional dos Museus 2021, celebrado em 18 de maio,  o MAS-SP pretende trazer diferentes especialistas em arte sacra para discutir o papel e a importância histórico-cultural das coleções sacras nos museus paulistas nos dias atuais.

A pandemia em decorrência do vírus Covid-19 trouxe diversos desafios às instituições, em especial às equipes técnicas, que tiveram que adaptar seus processos de trabalho à nova realidade. Assim, ao refletir de que forma os museus estão trabalhando a materialidade do sagrado em suas exposições, e as possíveis articulações em rede para a salvaguarda das coleções, o webinário busca levantar discussões pertinentes em torno das ações museológicas referentes aos acervos sacros paulistas na atualidade.



Programação | 17 e 18 de Maio


Segunda-feira, dia 17 de Maio

Abertura

_9h30 José Carlos Marçal de Barros
Diretor Executivo do MAS

_10h00 Davidson Panis Kaseker
Diretor do Sistema Estadual de Museus SISEM-SP

_10h30 Dr. Percival Tirapeli
Conferência: Museus renovados e inovadores

Mesa | O encontro com o Sagrado e o Profano

_14h00 Denyse Emerich
Coordenadora do Educativo do MAS

_14h30: Siméia de Mello Araújo
Coordenadora do Educativo do Museu Afro Brasil

_15h00 Cristiane Alves
Coordenadora do Educativo da Casa Museu Ema Klabin

_15h30 Debate – Mediação de Ligia Diniz – Assistente Técnica do MAS

Terça-feira, dia 18 de Maio

Mesa 1 | Articulações entre instituições

_10h00 Mari Marino
Projeto MAS Itinerante – “MAS Para Ver e Sentir”

_10h30 Marcos Lima
A presença salesiana na museologia brasileira

_11h00 Angélica Brito
O Museu de Arte Sacra dos Jesuítas e a cidade das Artes: uma relação histórica entre museu e turismo

_11h30 Debate – Mediação de Beatriz Cruz – Museóloga do MAS

Mesa 2 | Pesquisas em acervos sacros e suas potencialidades histórico-culturais

_14h00 Dr. João Paulo Berto
Arte Sacra e território: as políticas de gestão na Diocese de Limeira

_14h30 Diana Poepcke
A musealização da Festa do Divino no Museu de São Luiz do Paraitinga

_15h00 Dr. Paulo de Assunção
A pesquisa histórica em Museus de Arte Sacra: desafios e novas abordagens

_15h30 Debate – Mediação de Luciana Barbosa – Técnica de Pesquisa do MAS



Conheça mais sobre os participantes do encontro


Angélica Brito Silva
Coordenadora Museu de Arte Sacra dos Jesuítas

Graduada em História pela Universidade de São Paulo (2012),  especialista em Gestão Cultural pelo Centro Universitário SENAC (2015) e Mestre em História Social pela Universidade de São Paulo (2018). Atualmente é doutoranda em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo pela FAU-USP. Desde 2011 integra a equipe do Museu de Arte Sacra dos Jesuítas (Complexo Pateo do Collegio),  onde atuou como educadora (2011-2013) e  coordenadora do museu (2013-atual). Desenvolve pesquisas em História Colonial, com ênfase  na história dos aldeamentos jesuíticos de São Paulo (XVI-XVIII).  

Cristiane Alves
Coordenadora do Educativo Casa Museu Ema Klabin

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Design da Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Possui Pós-graduação em Arte Crítica e Curadoria pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e em Educação em Museus pelo Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo – MAC-USP. É graduada em Licenciatura em Educação Artística pela Universidade São Judas Tadeu (USJT). Atualmente é Coordenadora do Educativo da Casa Museu Ema Klabin e atua na Educação em museus há 18 anos se dedicando a pesquisa da Mediação Cultural, desenvolvimento de programas educativos para públicos diversos, elaboração de propostas poéticas, materiais educativos e formação de educadores.

Denyse Emerich
Coordenadora do Educativo Museu de Arte Sacra de São Paulo

Atual coordenadora do educativo do MAS, é Museóloga (COREM 4R 363 II), atua como Educadora em museus desde 1997. Mestre em Museologia pelo PPGMus-USP (2019), especialista em História da Arte (FAAP – 1989), Arte-educação (ECA-USP – 1997) e em Museologia (MAE-USP – 2002), coordenou as equipes educativas dos museus da Língua Portuguesa, da Pinacoteca de São Paulo e de exposições temporárias no Instituto Itaú Cultural, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e na BrasilConnects Cultura & Ecologia, entre outros. Pelo Museu da Pessoa, coordenou os projetos de Memória Empresarial: Exposição de longa duração Votorantim 90 anos (2007), Implantação dos Centros de Memória da BR Distribuidora – RJ (2011-2012) e do BNDES – RJ (2012 – 2013). É autora do livro Museu Paulista: 120 anos de história, e sócia diretora da empresa Tembetá Produções Artísticas Ltda.

Diana Poepcke
Representante Regional de Museus – SISEMSP

Historiadora pela Universidade Federal de Ouro Preto e especialista em Gestão Cultural pelo SENAC SP. Atua há mais de 10 anos com projetos culturais que envolvem acervos históricos. Em 2016 foi contemplada pelo Edital ProAc de Economia Criativa para o projeto “Audioguia Caminhos da Memória” do MuMan. Com esse projeto recebeu uma bolsa de estudos na VU University, Amsterdã/Holanda, da Nuffic Neso Brasil para o curso New Venture Creation and Entrepenaurship. Em 2018 foi contemplada com o ProAc de Preservação de Acervos Museológicos para o projeto “Modernização do Museu São Luiz do Paraitinga”. Foi eleita Representantes de Museus do Vale do Paraíba para o biênio 2019-2020 pelo Sistema Estadual de Museus. Em 2019 foi contemplada pelo ProAc de Modernização de Museus com o projeto “Modernização do Museu Monteiro Lobato” e pelo Edital ProAc de Economia Criativa como projeto “Cartografia Criativa dos Caminhos Tracionais do Litoral Norte”.

João Paulo Berto
Curador do Museu Eclesiástico da Diocese de Limeira

Historiador, Mestre em história cultural e Doutor em história da arte pelo IFCH-Unicamp. É especialista em História e Humanidades pela UEM e Mestrando em Museologia pelo Programa de Pós-Graduação Interunidades em Museologia da USP. Atua também como docente no curso de Arquitetura e Urbanismo das Faculdades Integradas Einstein de Limeira-SP e como Arquivista no Centro de Memória – Unicamp, respondendo pelas áreas de processamento técnico e documentação digital. É curador do Museu Eclesiástico da Diocese de Limeira.

Marcos de Lima Moreira
Coordenador do Museu da Obra Salesiana no Brasil

Historiador pela Universidade Bandeirante de São Paulo, especialista em História, Sociedade e Cultura pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, possui formação técnica em Museologia pelo Centro Paula Souza e é pós-graduando em Educomunicação e Comunicação Estratégica pela Universidade Católica Dom Bosco – UCDB. Participou do processo de abertura do Espaço Memória Carandiru e atuou no processo de readequação do Centro Histórico e Cultural Mackenzie.

Mari Marino
Curadora da exposição itinerante do MAS “Arte Sacra para Ver e Sentir”

Bacharel em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi, iniciou sua experiência em museus no Museu da Casa Brasileira no ano de 1994 atuando junto à diretoria até o ano de 1997 quando assume a diretoria do Museu de Arte Sacra de São Paulo.  No MAS foi responsável pela realização de diversos projetos como a Implementação Permanente do Acervo de Presépios em área definitiva, Ocupação e Integração dos Espaços Físico-Ambientais do Museu de Arte Sacra, Restauração e Conservação da Edificação Mosteiro da Luz, Exposição Brasil +500 Anos, – Mostra do Redescobrimento – com itinerância para o Maranhão, Chile, Argentina, Nova York e Inglaterra. Curadora da exposição itinerante do MAS-SP “Arte Sacra para Ver e Sentir”.

Paulo de Assunção
Professor e pesquisador

Doutor em História Ibérica (École des Hautes Etudes en Sciences Sociales – EHESS-Paris); Doutor em História Econômica e Social (Universidade Nova de Lisboa) e Doutor em História Social pela (Universidade de São Paulo). É pós-doutor em Ciência da Religião (Universidade Mackenzie) e História da Educação (Universidade Estadual de Maringá). Dedicou boa parte da sua investigação a questões correlatas à presença jesuítica no império colonial português, à história cultural e econômica, à religiosidade e às manifestações artísticas. Atualmente é membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e investigador integrado do Centro de Estudos Clássicos da Universidade de Lisboa.

Percival Tirapeli
Professor e pesquisador

Titular em História da Arte Brasileira pela Universidade Estadual Paulista, mestre e doutor em Artes Visuais pela USP. Autor de 25 livros sobre arte barroca – Brasil e América Latina – dentre eles Arte dos Jesuítas na Ibero-América (Edições Loyola,2020) e Patrimônio Cultural da América-Latina (Editora SESC, 2019). Membro do Icomos Nacional, da Associação Brasileira de Críticos de Artes e do Conselho do Condephaat (2015 – 2018). Como artista plástico participou da Bienal Internacional de São Paulo.

Siméia de Mello Araújo
Coordenadora do Educativo do Museu Afro Brasil

Doutoranda em História, pela Universidade do Estado de Santa Catarina, e mestra em Língua Portuguesa, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, atualmente é coordenadora do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil, diretora do Instituto Ella Criações Educativas e pesquisadora-associada ao AYA – Laboratório de Estudos Pós-Coloniais e Decoloniais da Udesc. Educadora, revisora, roteirista, articulista e ativista pelos direitos humanos, também, possui experiência com formação de professores e com consultoria na área de diversidade e inclusão.


Siga o #MAS nas redes sociais @MuseuArteSacra.

14 ALUNOS INSCRITOS

Buscar Cursos

Museu de Arte Sacra de São Paulo © 2020.