MÉTODO

A atividade acontecerá em dois encontros, uma aula teórica (que pode ser virtual) e uma aula in loco.

OBJETIVO GERAL

O curso pretende abordar a história urbana da cidade de São Paulo a partir das suas igrejas mais antigas, todas elas erguidas no platô de Piratininga para que os paulistanos pudessem exercer suas práticas religiosas. Assim como ocorreu em outras cidades brasileiras, a fundação da capital paulista esteve intrinsicamente ligada à presença da Igreja Católica e ao fomento do catolicismo entre os seus moradores, o que contribuiu para a promoção de muitas devoções, para a organização de muitas confrarias católicas e, consequentemente, para a construção de muitas capelas, edifícios que, no panorama de São Paulo de Piratininga, por muitos anos se configuraram como os principais marcos arquitetônicos do lugar. Além de conhecer a maneira como os paulistanos se apropriaram do núcleo urbano para expressar suas devoções particulares, utilizando muitas vezes das igrejas como campos de disputas de classes, o curso ainda possibilitará uma caminhada guiada ao centro histórico de São Paulo, objetivando a visita às igrejas existentes e o reconhecimento de outros lugares de memória, alguns deles praticamente identificáveis neste ambiente constantemente renovado.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

– Conhecer a história urbana paulistana através de suas igrejas;

– Investigar as relações sociais estabelecidas por meio das devoções católicas paulistanas;

– Recuperar os trajetos utilizados para as principais procissões realizadas na cidade durante o período colonial e imperial;

– Analisar o papel da arquitetura religiosa como instrumento de dominação ou exclusão na paisagem urbana de São Paulo;

– Visitar o centro histórico de São Paulo, identificando a presença dos diferentes grupos sociais paulistanos através dos altares das igrejas;

– Identificar os lugares da memória paulistana que foram apagados após as sucessivas reformas urbanas no centro de São Paulo.

CRONOGRAMA DE AULAS

28 de janeiro de 2022 – 2 horas – on line
Aula 1 – Conceitos teóricos

O primeiro encontro aborda os antecedentes históricos da construção das igrejas fundadas no núcleo fundacional da cidade de São Paulo, apresentado por meio de fotografias e mapas antigos. Neste momento, teremos a oportunidade de conhecer por meio destas imagens como se configurava a cidade de São Paulo entre os séculos XVI e XIX, analisando e problematizando o contexto paulistano a partir da paisagem social que era refletida na topografia do platô de Piratininga.

29 de janeiro de 2022 – 3 horas
Aula 2 – Visita in loco

A segunda aula proporcionará aos alunos uma caminhada pelo centro de São Paulo, visitando igrejas seculares, identificando os altares estudados, refazendo percursos importantes e conhecendo os lugares de memória que hoje permanecem esquecidos neste ambiente histórico da cidade.

A QUEM SE DESTINA:

O conteúdo do curso destina-se ao público em geral que tem interesse em saber mais sobre a história de São Paulo. Contudo a abordagem histórica também chama a atenção de historiadores, religiosos, pesquisadores, estudiosos de arte e cultura popular, professores que pretendem desenvolver o tema em sala de aula, estudantes universitários ou profissionais que atuam em projetos de preservação dos patrimônios da população negra.

PROFESSOR

Fabricio Forganes Santos é Arquiteto e Urbanista, Pesquisador das Irmandades Negras e das Igrejas dos Homens Pretos no urbanismo brasileiro, Mestre em Arquitetura e Urbanismo pela FAAC/UNESP. Possui experiência como curador no Museu de Arte Sacra de Santos – MASS, e como docente no curso de Arquitetura e Urbanismo da FAAC/UNESP. Ministrou cursos e palestras no Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS-SP, costumeiramente organizados a partir do tema principal de sua pesquisa. Membro da Comunidade do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França, na zona Leste de São Paulo, participa também de outros grupos que lutam pela preservação dos Festejos do Catolicismo Negro em todo o Brasil. Possui produção acadêmica dedicada aos lugares de memória do Catolicismo Negro em território brasileiro. Temas de atuação: Catolicismo Negro; Irmandades Católicas Negras; Território Negros; Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo; Formação Urbana; História de São Paulo.

Datas: 28 e 29 de janeiro de 2022
02 dias de aulas
Dia 28 de janeiro de 2022 – aula on line – das 17 às 19 horas (sexta-feira)
Dia 29 de janeiro  de 2022 – aula in loco – das 10 às 13 horas – ponto  de encontro metrô Sé
Carga horária: 5 horas
Valor: R$ 120,00
Inscrições: mfatima@museuartesacra.org.br
Informações: (11) 5627.5393 – (11) 98174-3483
CERTIFICADO
Clique aqui e faça seu cadastro para receber o certificado digital ao final do curso.
As aulas serão ministras online na plataforma Zoom.

Foto: Interior da Igreja de São Francisco, São Paulo-SP. Douglas de Campos, 2021

Avaliações do Curso

N.D

classificações
  • 5 estrelas0
  • 4 estrelas0
  • 3 estrelas0
  • 2 estrelas0
  • 1 estrelas0

Nenhuma avaliação foi encontrada para este curso.

17 ALUNOS INSCRITOS

Buscar Cursos

Museu de Arte Sacra de São Paulo © 2020.